GUARDADO EM SILÊNCIO

Existem paralelos entre o silêncio daqueles que presenciaram o holocausto e os silêncios contemporâneos que não são agradáveis de se lidar. O que estaria guardado na memória de um soldado alemão que vê, sem ação, sua vizinha e amiga de infância sendo levada pelo exército por ser judia?

Montado em 2018, o espetáculo Guardado em Silêncio nos leva a uma imersão histórica nas lembranças e registros do regime nazista, partindo da “noite dos cristais quebrados”, em 1939. 

Assim como o cenário, a memória também fragmentada do soldado se desdobra em reflexões sobre como um indivíduo pode alterar o rumo de outra vida. Lutando com o desconforto de sua própria omissão, que insiste em atormentar suas memórias, ele se vê diante de uma possibilidade.

Cartas de Paulo, escritas muitos séculos antes aos Romanos, sugerem que o tormento causado pelo seu silêncio pode ser curado. Arrependimento e mudança da mente parecem ser as palavras-chave. 

Mas em que direção essa transformação do pensamento pode levar um soldado atormentado por suas escolhas?

FICHA TÉCNICA – GUARDADO EM SILÊNCIO
Direção: Fabiano Moreira
Dramaturgia: Patrícia Cretti
Direção Musical: Luana Chacon
Trilha Original: Rebello Alvarenga
Iluminação: Bruno Garcia
Cenografia: Thiago Martins
Figurinos: Pâmela Duncan
Maquiagem: Débora Santana

ELENCO DA PRIMEIRA MONTAGEM
Daniel Langer
Guilherme Moilaqua
Victória Vergamine
Bruna Gremelmaier
Caroline Franco
Roberta Gomes